DESEJOS IMPROVÁVEIS

Talvez seja da IMPROVÁVEL vontade alheia que faço da minha uma tempestade de fetiches.
Pensava ser fácil recusar aquilo cujo ainda não se conhece o sabor; quando apenas a mente em colapso matutino invade a cama ainda desfeita das luxúrias sonhadas.
Quanto tempo se perde especulando se pode e/ou que deve ser feito para acalmar o corpo flamejando de vontades desvairada?
Quantos enigma sustenta tanta loucura lasciva; borbulhando a mente em revoltar de mandar tudo se F. o. d. e. r ; e jogar-se à caldeira de pecados, com corpos escorregadinhos em fluidos de tanto tesão.
A estas alturas melhor mesmo é se deixar cair na lama!
Chega mais perto de mim, minha vontade profana.
D A R K

4 comentários:

  1. Vontades de momentos assim quem não tem??

    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas não basta apenas só ter vontades, as que deve praticar*_*
      Abraços

      Excluir
  2. O meu desejo improvável era fazer-te um minete...
    :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho esta palavra ''minete'' tão meiga;
      Ah danado ^.~

      Excluir