PRAZER E DOR SOBRE OS LENÇÓIS

Hoje me flagrei rindo atoa, aquele instante que passamos ou pensa-se em um momento já vivido e sem perceber o revivemos novamente... há é tão, tão bizarros e cômico,
Eu ali toda jeitosa, puxando-os lençóis, arrancando as peças e jogando-os ao chão enquanto outro é deliciosamente deitado sobre o colchão pressionando delicadamente e ajeitado para o encaixe perfeito. Eu cheia de prazer em sentir deslizando por meus dedos os lençóis limpinho e cheirosos quando tropeço nas peças que antes com voracidade os arremessava ao chão, e me estabacando de quatro sobre eles que sem dó arranca-me uma dor dos diabos ao usar o braço como apoio no chão, além de caída como quem estar a pagar castigo, cai no riso e quase a chorar de tanta dor.
Pelo o amor de Deus como pode uma criatura ser tão estabanada a este nível de bizarrice, só eu ^.~* Dark


10 comentários:

  1. Pode ser considerado acidente de trabalho. Participa ao seguro :))
    Beijinho
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hihihi, até pensei na ideia, mais o desfalque saíra do bolso meu.
      Abraçossss^.~

      Excluir
  2. fiquei a imaginar a cena rsrs
    Gostei daqui

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ias rir da pobre coitada.
      Uma satisfação recebe-la aqui.
      Abraços^.~

      Excluir
  3. Se calhar já todas nós tivemos desses "acidentes". E se tivermos alguém atrás de nós então... até nos fazemos ao dito "acidente", ihihihhi

    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. arremessar o passado...dando lugar ao presente, fresco e renovado! começa por doer o deixar para trás, mas logo logo o sorriso do novo ;-)

    ResponderExcluir
  6. a imagem de capa do blog...é luxuriante qb :-)

    ResponderExcluir